2006-04-18

regador

"Acordar-me, encantar-me, absorver-me, chamar-me a uma vida inteiramente minha, que eu tenho dispersado."
(Carta de Jorge de Sena à sua noiva Mécia, 1946)

1 comentário:

  1. Que nos possamos ir acordando e encantando, uns aos outros, com as pequenas gotas do regador!
    Que bela sintese do que se pretende com o regador!

    ResponderEliminar