2006-03-28

Um pequeno passo

Bento XVI renunciou ao tradicional título de Patriarca do Ocidente, por motivo de "realismo histórico e teológico", acreditando que assim "pode contribuir para o diálogo ecumênico", informou o Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos.
Continua, contudo, a ter OITO títulos: Bispo de Roma, Vigário de Cristo, Sucessor do Príncipe dos Apóstolos, Máximo Pontífice da Igreja Universal, Primaz da Itália, Arcebispo e Metropolitano da Província Romana, Soberano do Estado da Cidade do Vaticano e Servo dos Servos de Deus.

2 comentários:

  1. Os títulos são importantes quando são um meio de contribuição positiva, para o serviço aos outros.
    Quando só apresentam fachada, ou provocam divisões, podem dar sinais negativos irreversiveis.
    Bento XVI deve saber o que faz.

    ResponderEliminar
  2. Gostava que ele assumisse mais o papel de Servo dos Servos de Deus... mas acho que os outros titulos lhe devem dar demasiado trabalho para ele ter tempo para este.
    Ora aí está ym homem por quem eu tenho dificuldade em resar por... mas prometo que vou tentar ;-)

    ResponderEliminar