2006-06-02

Eco do Evangelho de Domingo, 4 de Junho

João 20,19-23.
Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, com medo das autoridades judaicas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse-lhes:
«A paz esteja convosco!»
Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o peito.
Os discípulos encheram-se de alegria por verem o Senhor.
E Ele voltou a dizer-lhes:
«A paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós.»
Em seguida, soprou sobre eles e disse-lhes:
«Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ficarão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ficarão retidos.»

5 comentários:

  1. Eles estavam fechados e com medo. Quando viram O Senhor (e por o verem), «encheram-se de alegria».

    ResponderEliminar
  2. «A paz esteja convosco!»
    A paz para nós,
    mas também em Timor,
    no Iraque,
    no Afeganistão,
    na Palestina!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo3/6/06 00:05

    A PAZ, que maravilho dom!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo4/6/06 23:14

    «A paz esteja convosco»

    António da Veiga

    ResponderEliminar
  5. Vem, Espírito Santo, e faz um ninho no meu Eu sem Norte...Sê o meu tudo porque me sinto sem nada...Dá-me asas de coragem porque só sinto sombras de medo...
    Fecha os meus olhos com o calor dos teus dedos e diz-me que é possivel acreditar em mim...

    ResponderEliminar