2006-10-27

Eco do Evangelho de domingo 29 Out 2006

Mc. 10,46-52.
Quando ia a sair de Jericó com os seus discípulos e uma grande multidão, um mendigo cego, Bartimeu, o filho de Timeu, estava sentado à beira do caminho.
E ouvindo dizer que se tratava de Jesus de Nazaré, começou a gritar e a dizer:
«Jesus, filho de David, tem misericórdia de mim!»
Muitos repreendiam-no para o fazer calar, mas ele gritava cada vez mais:
«Filho de David, tem misericórdia de mim!»
Jesus parou e disse: «Chamai-o.» Chamaram o cego, dizendo-lhe: «Coragem, levanta-te que Ele chama-te.» E ele, atirando fora a capa, deu um salto e veio ter com Jesus.
Jesus perguntou-lhe: «Que queres que te faça?»
«Mestre, que eu veja!» respondeu o cego.
Jesus disse-lhe: «Vai, a tua fé te salvou!»
E logo ele recuperou a vista e seguiu Jesus pelo caminho.

7 comentários:

  1. A tua fé te salvou!

    ResponderEliminar
  2. «Mestre, que eu veja!»

    «Jesus, filho de David, tem misericórdia de mim!» Para que eu veja também.

    ResponderEliminar
  3. Antes de referir a intervenção de Jesus, Marcos dá conta da reacção dos que estão à volta de Jesus: repreendiam o cego e queriam fazê-lo calar (vers. 48).

    ResponderEliminar
  4. Quem encontra Cristo e aceita o desafio para viver como discípulo tem, a partir daí, um caminho fácil? De forma nenhuma. Tem de abandonar a vida cómoda e instalada em que vivia e enfrentar uma nova realidade, num desafio permanente, num questionamento constante; tem de aprender a enfrentar as críticas, as incompreensões, os confrontos com aqueles que não compreendem a sua opção; tem de percorrer, dia a dia, o difícil caminho do amor, do serviço, da entrega, do dom da vida… É preciso, no entanto, que o discípulo esteja consciente de que o caminho de Jesus não é um caminho que leva à morte, mas é um caminho que leva à ressurreição, à vida verdadeira e eterna.

    ResponderEliminar
  5. Concordo com o que diz o anónimo precedente de que seguir o caminho de Jesus não é fácil, porque levar uma vida à maneira dEle é exigente.
    No que não concordo é com a visão que apresenta a seguir e que é muito comum em cristão sinceramente comprometidos:isto é uma visão se se torna quase um pesadelo de tanat responsabilidade e incompreensão.
    Na minha visão de seguir Jesus o proincipal é que se vai com Ele e Ele connosc. Assim os desafios da vida também são vividos com Ele e isso torna-se aliciante.
    Joaquim (como os brasileiros chamam aos portugas)

    ResponderEliminar
  6. Quem segue o caminho de Jesus, sabe que tem momentos bons e monentos menos bons. Nos bons deve agradecer e partilha com os outros, nos maus aceita-los pensando na cruz que Cristo levou.
    Por isso existe a comunhão que nos permite partinhar na fé, bons e maus momentos.

    ResponderEliminar
  7. «Que queres que te faça?», pergunta Jesus.
    que eu veja!
    resposta magnífica, que também foi dita noutras palavras - passar das trevas à luz.
    Jesus - luz do mundo - tem misericórdia de mim.

    ResponderEliminar