2012-04-06

A libertação



A Humanidade vive amputada de metade do seu coração ao não dar expressão à voz divina que emana das mulheres. É uma perda que afeta o equilíbrio do Mundo porque as religiões não estão a conseguir esconder mais esta incoerência rudimentar: almas iguais perante Deus, direitos diferentes perante os poderes religiosos. Nasceste homem? Tens voz na igreja. Nasceste mulher? Queremos-te apenas nas tarefas sociais ou para a liturgia complementar. Nunca terás direito a proferir a última palavra. A Palavra.


Para ler na integra aqui este lúcido e corajoso artigo do Daniel Deusdado no JN de 05.04.2012

Sem comentários:

Publicar um comentário