2006-06-24

Eco do Evangelho de DOMINGO, 25 Junho

Marcos 4,35-41.
Naquele dia, ao entardecer, disse: «Passemos para a outra margem.»
Afastando-se da multidão, levaram-no consigo, no barco onde estava; e havia outras embarcações com Ele.
Desencadeou-se, então, um grande turbilhão de vento, e as ondas arrojavam-se contra o barco, de forma que este já estava quase cheio de água. Jesus, à popa, dormia sobre uma almofada.
Acordaram-no e disseram-lhe: «Mestre, não te importas que pereçamos?»
Ele, despertando, falou imperiosamente ao vento e disse ao mar: «Cala-te, acalma-te!»
O vento serenou e fez-se grande calma.
Depois disse-lhes: «Porque sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?»
E sentiram um grande temor e diziam uns aos outros: «Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?»

5 comentários:

  1. «Porque sois tão medrosos?»

    ResponderEliminar
  2. O Evangelho deste domingo faz-nos um apelo à confiança em Deus que está presente em todas as situações da nossa vida, como um Deus protector e que cuida de nós. Assim, devemos confiar-lhe todas as nossas preocupações e dúvidas com a certeza de que Ele tudo nos providência.

    Lembremos, a este propósito a história de todos os “regadores” bem conhecida, daquele homem que teve um sonho durante o qual caminhava ao lado de Jesus, ficando gravadas na areia dois pares de pegadas. Mas, a certa altura, apenas aparecem as pegadas de um caminhante e, esse homem, percebe que as outras pegadas desaparecem num momento de uma sua aflição. Então, lamenta-se junto de Jesus por este o ter deixado só nesse momento de aflição. Jesus diz-lhe, então: “Mas Eu estava contigo!”. Então, diz-lhe o homem: “Como é isso possível se só se vê um par de pegadas?”. “Eram as minhas – responde Jesus – nesse momento Eu levava-te ao colo!”.

    A maneira de conseguirmos alcançar esta protecção divina é, portanto, através de Jesus a quem devemos levar na barca da nossa vida, Para isso é preciso acreditar e rezar e, na Fé, que o Espírito Santo nos ilumina, acreditar que por intermédio d’Ele, Deus tudo nos dá: protecção contra os males desta vida, nos momentos de aflição e, no fim dos nossos dias terrenos a Salvação Eterna.

    umamigo

    ResponderEliminar
  3. eles levaram Jesus no barco
    lembram-se do "silêncio de Deus"?
    «ainda não tendes fé?»

    ResponderEliminar
  4. Looks nice! Awesome content. Good job guys.
    »

    ResponderEliminar
  5. Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
    »

    ResponderEliminar