2006-03-21

ESTE BISPO MOSTRA QUE É TUDO AO CONTRÁRIO DO QUE SE PENSA

S. João Crisóstomo (c.345-407), bispo de Antioquia depois de Constantinopla,Homilias sobre S. Mateus «Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido» (Mt 6,12) Cristo pede-nos então duas coisas: que condenemos os nossos pecados, que perdoemos os dos outros. Que façamos a primeira coisa por causa da segunda, que será então mais fácil, pois aquele que pensa nos seus pecados será menos severo para o seu companheiro de desgraça. E perdoar não só de boca, mas «do fundo do coração», para não voltar contra nós o ferro com que pensamos atravessar os outros... Que mal pode fazer-te o teu inimigo, que seja comparável àquele que fazes a ti próprio? Se te deixares levar à indignação e à cólera, serás ferido, não pela injúria que ele te fez, mas pelo ressentimento que tens disso.Não digas portanto: «Ele ultrajou-me, ele caluniou-me, ele causou-me muitas desgraças.» Quanto mais dizes que ele te fez mal, mais mostras que te fez bem, pois te deu ocasião para te purificares dos teus pecados. Assim, quanto mais ele te ofende, mais te põe em estado de obteres de Deus o perdão das tuas faltas.Pois se nós quisermos, ninguém poderá fazer-nos mal; mesmo os nossos inimigos prestam-nos assim um grande serviço... Considera, pois, quanta vantagem retiras duma injúria sofrida humildemente e com doçura.

Sem comentários:

Publicar um comentário