2007-10-17

S. Lucas

Um médico que se tornou o "escriba da misericórdia divina de Cristo" (séc. I)

História
Médico grego, Lucas cuida dos seus doentes de quem conhece a sua fraqueza e frequentemente a sua miséria.
Até ao dia em que ouve S. Paulo falar de Jesus, que vem trazer a salvação e a ressurreição. Durante 18 anos não deixa o apóstolo das nações. Segue-o até ao seu martírio em Roma, no ano de 67.

É o autor de um evangelho e do Livro dos Actos dos Apóstolos.
Utiliza termos médicos para falar das doenças dos que se dirigem a Jesus. Desejoso de autenticidade, estudou as fontes, como médico escuta o seu paciente para melhor lhe fazer o diagnóstico. Modesto e compassivo, manifesta mais que os outros evangelitas o que destaca a bondade do Salvador: o filho pródigo, o bom samaritano, a ovelha perdida, a prostituta perdoada, o bom ladrão.
Dante disse dele: "Ele é o escriba da misericórdia de Cristo".

Como reconhecê-lo?
S. Lucas é frequentemente representado pintando a Virgem Maria. Um boi, seu principal atributo, pode estar também sentado sabiamente a seus pés.

(http://www.croire.com)

Sem comentários:

Publicar um comentário