2016-04-17

Francisco com os refugiados




"Deus de misericórdia, pedimo-vos por todos os homens, mulheres e crianças, que morreram depois de ter deixado as suas terras à procura duma vida melhor. Embora muitos dos seus túmulos não tenham nome, cada um é conhecido, amado e querido por Vós.
Que nunca sejam esquecidos por nós, mas possamos honrar o seu sacrifício mais com as obras do que com as palavras.
Confiamo-Vos todos aqueles que realizaram esta viagem, suportando medos, incertezas e humilhações, para chegar a um lugar seguro e esperançoso.
Como Vós não abandonastes o vosso Filho quando foi levado para um lugar seguro por Maria e José, assim agora mantende-Vos perto destes vossos filhos e filhas através da nossa ternura e proteção.
Fazei que, cuidando deles, possamos promover um mundo onde ninguém seja forçado a deixar a sua casa e onde todos possam viver em liberdade, dignidade e paz.
Deus de misericórdia e Pai de todos, acordai-nos do sono da indiferença, abri os nossos olhos às suas tribulações e libertai-nos da insensibilidade, fruto do bem-estar mundano e do confinamento em nós mesmos.
Dai inspiração a todos nós, nações, comunidades e indivíduos, para reconhecer que, quantos atingem as nossas costas, são nossos irmãos e irmãs.
Ajudai-nos a partilhar com eles as bênçãos
que recebemos das vossas mãos e a reconhecer que juntos, como uma única família humana,
somos todos migrantes, viajantes de esperança rumo a Vós, que sois a nossa verdadeira casa,
onde todas as lágrimas serão enxugadas,
onde estaremos na paz, seguros no vosso abraço."
Papa Francisco, Lesbos, 16-04-2016

Ilha de Lesbos, Grécia, visita do Papa: "NÃO PERCAM A ESPERANÇA", a principal mensagem do Papa Francisco aos refugiados no Campo Mória. 

O Papa esteve acompanhado do Patriarca de Constantinopla e do Arcebispo de Atenas, foi também recebido pelo Primeiro-ministro da Grécia Alexis Tsipras.

Sem comentários:

Publicar um comentário