2017-09-12

D. António Francisco dos Santos (1948 - 2017)

Singela homenagem (última entrevista, sábado passado, na peregrinação da Diocese do Porto a Fátima).





«Onde estava, então, este homem, que pouco aparecia nos grandes meios de comunicação para além das notícias de Natal e Páscoa? D. António Francisco primava pela discrição, por preferir os gestos pessoais a grandes acontecimentos. Além disso, era uma pessoa que privilegiava o diálogo franco em vez de qualquer encenação mais ou menos pública. Por isso, é unânime o sentimento de perda de tanta gente, mesmo de fora da Igreja.»

«No sábado, em Fátima, a participação de 50 pessoas sem-abrigo na peregrinação diocesana foi uma forma de concretizar em gesto as ideias que D. António Francisco defendia» - António Marujo, in Religionline.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário